Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Resultado do Inquérito sobre o trânsito

por Nuno Saraiva, em 19.06.07

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:45

O trânsito em Colares

por Nuno Saraiva, em 15.04.07
Acha que o trânsito em Colares deve ter apenas um sentido?
Sim, ascendente pela Abreja e Rua Fria.
Sim, ascendente desde o chafariz da prezinha, descendo as Ruas Fria e Abreja.
Sim, outra (especificar nos comentários).
Não, deve ficar como está.
  
Free polls from Pollhost.com
 

Uma questão que tem surgido dado o trânsito que se acumula ao fim-de-semana essencialmente devido aos casamentos.

Sendo o trânsito fluido, estamos todos em maior segurança.


 Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

A primeira hipótese é subir pela Rua da Abreja e subir a Rua Fria. Esta opção é a melhor para os turistas, que, caso venham pela Estrada Velha podem facilmente aceder ao Centro de Colares, ou ao Cabo da Roca.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket


A segunda opção, parece dificultar o acesso ao "centro" de Colares, mas penso ser a mais adequada para a população de Colares. Quem vai do lado da praia acede pela Rua Fria, Quem vem do lado de Sintra acede pela Rua Inácio da Costa. Quem sai para o lado da Praia sai pela Calçadinha da igreja, para Sintra pela Abreja.

Outra opções melhores que esta poderão existir, tendo em conta possíveis alterações no sentido da Calçadinha da igreja e da Rua José Inácio da Costa. É só por nos comentários..

Votações até 30 de Abril. Uma pessoa um voto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:26

Parque infantil ou jardim? Resultados

por Nuno Saraiva, em 04.03.07



Terminadas as votações, a maioria dos visitantes deste blog gostava de ver um parque infantil no espaço em frente à Junta.
O jardim, a opção em que votei, vem logo em segundo.

Nota: Após esta ausência por motivos académicos, conto voltar à regularidade de posts a partir desta semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:46

Sondagem em Colares Actualizado 26.01.07 23:36

por Nuno Saraiva, em 25.01.07
Free polls from Pollhost.com
Concorda com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada, por opção da mulher, nas primeiras 10 semanas*?
SIM NÃO BRANCO NULO Não quero ir votar Não posso ir votar   

Recebi pelo msn a proposta de colocar aqui uma sondagem ao Povo de Colares, acerca da sua intenção de voto no referendo do aborto, no próximo dia 11 de Fevereiro de 2007

Mais uma vez referir que cada pessoa só pode votar uma vez e os dados não são manipuláveis por ninguém, nem tenho acesso a qualquer dado - desde IP a localização, data ou hora, de quem vota. Mais esclarecimentos em pollhost.com

*Nota: No referendo a pergunta acresce ainda: "em estabelecimentos legais e autorizados" mas o site não permite uma pergunta tão comprida.

 ---@@@---

Comentário (adicionado a 25/01 15:45)

O sr. Nuno concordou com a minha proposta de colocar aqui neste blog a questão do referendo que se aproxima, o que eu agradeço imenso. Apesar de eu ser pelo Sim á despenalização e á liberalização do aborto, ao que parece nesta votação o Não vai á frente. Mas independemente disso gostaria de agradecer a todos aqueles que participaram e que possivelmente iram partipar neste "mini-referendo". Gostaria de salientar o facto de até agora não haver votos em branco nem votos nulos e gostaria também de apelar a todos os participantes desta votação em particular, e a toda a população em geral para que façam o mesmo no dia do referendo, votem, independentemente da vossa opinião sobre o assunto, votem, é não só um direito mas também um dever de cada um de nós, vote de acordo com a sua consciencia mas vote, não finja que vota( votos em branco, nulos), na minha opinião este é um assunto muito sério para se "brincar".

Muito Obrigado

Eu


 ---@@@---

 Adicionado a 25/01  21:52

Caro Nuno Saraiva,
Desta vez sou eu que não estou de acordo com o conteúdo deste post , pelas seguintes razões:
Não me parece haver qualquer interesse, neste tipo de” mini -referendo”, pois qualquer resultado a apurar, não tem nenhum significado, pois basta ,por exemplo alunos de uma escola primária , ou menores de 18 anos votarem para que o resultado não tenha nenhum valor , pois os menores não podem votar no referendo a sério, e isso não é controlável, nesta votação.A caracterização dos perfis dos potenciais votantes, que nas sondagens a sério é pré definida aqui também não se faz. Se ao fazer este “teste” se pretende sensibilizar as pessoas para o voto no referendo, então abra-se , aqui um debate sobre o que está de facto em causa, e assim haverá um esclarecimento maior .Também a pergunta não estar completa na proposta aos votantes, embora haja justificação pelo espaço ocupado, não me parece correcto , pois o contexto em que ela é feita no referendo a sério sofre aqui uma alteração de sentido.Também as 2 opções de de onde derivam as abstenções existentes neste "min-referendo ”, não tem qualquer sentido, pois todos os não votantes , serão abstenções.
Um abraço
Pedro Macieira

---@@@---

Caro Pedro Macieira,
Não foi minha pretensão fazer uma sondagem oficial, ou uma estimativa do que vai acontecer no dia 11, nem pretende ter algum valor  "oficial".
Sendo esta questão colocada por um leitor e sendo o blog de Colares um blog de todos não hesitei em colocá-la. Não vejo qual é o mal menores de 18 votarem aqui neste inquérito dado que são pessoas que já pensam e muitas até têm que ser informadas para não se verem a equacionar abortar ou não abortar.
As opções fui eu que as idealizei. O Pedro acha que não é importante perceber o porquê das abstenções? Eu acho e para mim é totalmente diferente uma pessoa dizer que não vai votar porque não quer, não tem interesse, ou dizer que não vai votar porque vota em Viana do Castelo e Domingo está a trabalhar em Lisboa, ou não pode mesmo ir votar.

Penso que a ideia do leitor aqui retratado como "EU" (Que não sou eu, Nuno Saraiva) era abri a discussão e deu inclusive a opinião, se calhar gostava de esclarecer a questão a fundo. Por isso, todos os comentários colocados neste post - e dentro do seu contexto - serão "coladas" no blog, neste mesmo post.

Acrescento ainda que não dei logo a minha opinião por recear que parecesse ao leitor que tornava a sondagem tendenciosa. Colocarei mais tarde.
Obrigado.

 ---@@@---

Caro Nuno,
De facto , penso que a questão do referendo do dia 11 de Fevereiro, sendo um assunto que Portugal , tem por resolver desde que o EngºGuterres e o Dr Marcelo de Sousa resolveram tornear a aplicação de uma lei aprovada, no Parlamento de que não gostavam...criou neste país uma situação que se arrastou por uma série de anos sem ser resolvida até hoje. Por ser uma assunto que considero de maior importância, acho que a sondagem proposta pelo Nuno, não vai ajudar em nada ao esclarecimento do potenciais votantes ,pois os seu resultados nunca poderão ter algum significado pelas razões que enumerei no comentário anterior.Além que não sendo possivel considerar sómente os votos de Colares como parece ser a intenção inicial “sondagem ao povo de Colares”,pois qualquer visitante do blog em qualquer do Mundo poderá dar a sua opinião...votando.

Não me vou alongar mais, agradecendo as explicações.
Um abraço
Pedro Macieira
 
 
---@@@---
 Para que não haja dúvida fica já aqui esclarecido que vou bloquear as votações dia 08 de Fevereiro às 16.30
---@@@---

No referendo dia 11 vou votar NÃO. E não é Não porque não.

O aborto encontra-se despenalizado em Portugal desde 1984. A lei actual permite o aborto nos casos de perigo de vida da mãe, razões de saúde física e psíquica da mãe, malformação e inviabilidade do feto e violação.

O progresso e a evolução da ciência permitem hoje um conhecimento e acompanhamento do desenvolvimento do feto no seio materno acessível a todos. O feto não é um ente oculto, mas um ser humano conhecido e directamente observável.

O aborto tem efeitos destrutivos na vida das mulheres, deixando muitas vezes danos físicos e psíquicos irreversíveis. O aborto é uma falsa solução.

A protecção e promoção da mulher, o apoio à maternidade e à família e uma aposta no planeamento familiar responsável são as respostas adequadas ao drama do aborto e às suas causas profundas.

Assusta-me pensar que dentro em breve uma mulher pode decidir terminar uma vida porque sim. Porque decide sozinha.

Pode parecer uma posição machista, mas eu não concordo que a mulher decida sozinha se pode ou não abortar. Na minha opinião o pai tem uma palavra a dizer e tal como deve assumir responsabilidades durante a vida da criança, deve assumir a culpa caso tenha corrobado e muitas vezes até pressionado para que o aborto fosse efectuado.

Não quero dizer com isto que os casais que vão ser pais devam recorrer ao aborto clandestino ou serem humilhados nos tribunais. Ouvi dizer que no famoso caso das mulheres julgadas na Maia os juízes humilharam as mulheres. Não quero acreditar nisto.

 

---@@@---

Porque já um pouco cansado, dos argumentos de um debate que já perdura pelo menos desde 1984, e que como disse em anterior comentário , por obra e graça do Engº Guterres e do Prof.Marcelo Rebelo de Sousa que com a criação da figura do referendo impediram a aplicação de uma lei aprovada no Parlamento.Estamos em 2007 a discutir se a lei é aplicada ou não em Portugal ou se ela deve ser alterada, para evitar que as mulheres portuguesas que sejam obrigadas a abortar o tenham de fazer clandestinamente correndo os perigos inerentes a intervenções sem os devidos cuidados médicos, pondo em risco a sua própria vida, e por isso serem sujeitas a penalizações previstas na lei que lhe permite enviá-las para a prisão...ou sendo católicas apostólicas romanas, ortodoxas, hindus,muçulmanas, protestantes,agnósticas ou ateias, possam decidir por uma interrupção voluntária da gravidez, até ás dez semanas em local apropriado e devidamente autorizado (vulgo:Hospitais e clinicas com apoio médico), sem estar sujeitas à humilhação de julgamento e penas de prisão, como acontece em Espanha ou Londres(onde as mulheres portuguesas de maior recursos, recorrem para fazer as IVG’s que em Portugal mesmo nas situações previstas na lei como excepções, não o conseguem fazer porque a maior parte dos médicos são objectores de consciência, e também porque o código deontológico do médicos , não permite esse tipo de intervenção.)
Por tudo isto, e de forma que se acabe com esta hipocrisia dominante voto SIM!

PS: De qualquer forma este assunto aqui neste blog, permitiu algum diálogo sobre este importante assunto, por isso Nuno Saraiva, os meus agradecimentos.
Um abraço Pedro Macieira

---@@@---

Adicionado 26.01.07  23:34
Qualquer que seja o tipo de pessoas que votassem, com mais ou menos 18 anos, a sondagem não poderia ser validada, a entidade que promove a sondagem é que vai ter com as pessoas e não são as pessoas que procuram o sondador. A sondagem está baseado em bases científicas, havendo vários tipos de sondagens, sendo, por exemplo, defenido o universo segundo o número de homens e mulheres, idades, nível académico etc, etc, não podendo portanto o resultado da boa vontade das pessoas que fazem a sua escolha no excelente blog do NS, ser considerado uma sondagem. Já faz lembrar as perguntas que colocam nas televisões, como quem é que na sua opinião vai ser campeão de futebol, geralmente com chamadas de valor acrescentado, e no fim o resultado é apresentado como se de uma sondagem se tratasse ainda que não passe de um simples inquérito. A comunicação social é culpada, por vezes, de não informar correctamente as pessoas. Fica a pergunta, se isso é em relação a algo que uma pessoa está informada, então o que é que se passa com o que nós não dominamos? Só porque «passa» na comunicação social não quer dizer que seja lei... Entusiasmei-me e fugi ao essencial...
Estupefacto


---@@@---

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:45

Votação

por Nuno Saraiva, em 19.01.07

Após um dia de votação, vão assim os resultados:

Parque infantil 54%
Parque de Merendas 8%
Jardim 30%
Árvores 8%

Metade das pessoas escolheu o parque infantil. Votaram até ao momento 14 pessoas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:22

Várzea de Colares

por Nuno Saraiva, em 18.01.07

Photobucket - Video and Image Hosting

O que acha que devia ser feito no espaço da várzea junto ao rio?

Parque Infantil
Parque de merendas
Anfiteatro + palco
Jardim
Árvores
Estacionamento
MiniDoca com barcos
Outra
  
Free polls from Pollhost.com

Como alertou o Notícias da Freguesia o espaço junto ao rio no cruzamento para a Praia das Maçãs está cada vez mais degradado. De relembrar que a Junta tem lá organizado concertos no Verão, ao Sábado á noite que tem tido bastante sucesso (Noites de Verão).

A minha opinião é que ali deveria ser um jardim. Com arbustos e flores e bancos de jardim colocados de forma a caso se monte o palco sobre o rio, estes tenham visibilidade. Criei este inquérito que aqui vai permanecer até 28/02. Sempre que houver resultados relevantes colocarei aqui.

Cada pessoa só pode votar uma vez. Eu não tenho acesso a manipular os votos e por isso não pode haver qualquer correção caso se enganem a votar. Por favor votem. É simples.

Já houve alguma discussão aqui de onde retirei a foto.

Os comentários a este post estão sem moderação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11


Mais sobre mim

foto do autor








Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D