Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




10987700_610172772451080_7391339035475852439_n.jpg

 

Veja agora as fotos do resultado da remodelação que o Chef Ljubomir Stanisic, fez na Decoração do Restaurante Bar Barmácia, na Praia das Maçãs, Sintra.

Estou em crer que esta intervenção vai ser a mais bem sucedida de sempre do Programa Pesadelo da Cozinha que a TVI está a transmitir em 2017 aos domigos à noite e que é um sucesso de audiências.

Antes e Depois

Antes do Programa:

antes2.jpg

antes.jpg

antes3.jpg

antes4.jpg

antes6.jpg

antes7.jpg

Depois do Programa

depois1.jpg

depois2.jpg

depois4.jpg

depois3.jpg

depois 5.jpg

depois.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:49

Origem do Prego - Colares?

por Nuno Saraiva, em 30.04.17

20392821_4nnRz.jpeg

Júlio Cortez Fernandes, num post no seu blog, apresentou a teoria, bem fundamentada que o nome do petisco prego, tem origem em Manuel Dias Prego na Praia das Maçãs.

 

O "prego" iguaria  popular e deliciosa, da qual sou  apreciador e consumidor assíduo, suscitou  curiosidade de procurar  saber como teria surgido na culinária nacional e quem seria  seu "inventor". Laboriosas pesquisas e centenas de degustações, permitiram encontrar, finalmente, a solução do "enigma".

O querido amigo, correligionário ilustre Sintrense José Alfredo da Costa Azevedo, autor de interessantes e eruditos trabalhos versando  a historiografia do concelho de Sintra, no livro: " VELHARIAS DE SINTRA VI" edição de 1988, promovida pela Câmara Municipal, escreveu, relativamente aos primeiros "edificadores" da Praia das Maçãs e refere, Manuel Dias Prego, que iniciou negócio de "comes e bebes", no final do século XIX. Locanda rudimentar onde servia vinhos de Colares, para acompanhar fatias de carne de vitela, fritas ou assadas, acondicionadas em saboroso pão proveniente de fornos das redondezas. O negócio prosperou, dada fama que as "bifanas do prego" granjearam.

O petisco entrou no vocábulo da gíria popular no princípio do século XX, com designação simplesmente, "prego" em memória do "criador" do pitéu.

Gente doutras localidades do concelho de Sintra, copiou a "ementa" iniciando a propagação, ajudada pela circunstância de passar  fazer parte da gastronomia da Feira das Mercês; feirante teria há cerca de um século na zona de Rio de Mouro aberto estabelecimento onde servia pregos durante todo ano. Descendentes, mantiveram a tradição e fundaram a mais antiga casa "pregueira", no concelho de Sintra, restaurante "O ARCO ÍRIS" junto estação ferroviária de Rio de Mouro, vai para cinquenta anos.

Difundido por todo o Pais o prego no entanto, continua a ser servido com mais profusão no Município de Sintra, não admira, graças a Manuel Dias Prego, por volta de 1889 nasceu  na então Vila Nova da Praia das Maçãs freguesia de Colares, concelho de Sintra.

A foto é do livro citado no texto.Dedico este "post" ao saudoso José Alfredo, recordando as nossas conversas na varanda da sua casa, com vista e coração sobre Sintra. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:58

Os encantos da Praia das Maçãs e do Eléctrico

por Nuno Saraiva, em 01.08.16

No blog que lançou recentemente Diogo Amaral sugere um excelente programa de Domingo. Passeio de eléctrico, almoço na Praia das Maçãs e regresso a Sintra de eléctrico.

Destaque-c-Logo-800x450.jpg

 

Gosto de aproveitar os domingos, especialmente os de sol. E aproveitar para mim não passa por caçar Pokemons. Domingo passado peguei no Mateus e na Vera e fomos almoçar à Praia das Maçãs. Não como carne como sabes, mas um bom almoço de marisco e peixe é irresistível, e nada melhor do que um restaurante junto à praia para isso. Numa altura em que ando a gravar seis dias por semana, um bom programa de Domingo é essencial.
Durante alguns anos passei as férias de verão na Praia das Maçãs. Na altura o eléctrico que faz a ligação de Sintra até às Maçãs estava desactivado. Desde essa altura que tinha vontade de fazer essa viagem. Domingo foi o dia.
Estava um dia de verão incrível – 32º de máxima para ser mais preciso. Depois do almoço lá fomos nós, quase os únicos portugueses no eléctrico.
 
 

Praia-das-Maçãs-8-Logo-800x586.jpg

Praia-das-Maçãs-4-Logo-800x600.jpg

 Post completo no Breakingdad

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:51

Memórias de Infância

por Nuno Saraiva, em 17.02.15

Praia das Maçãs - Piscina.jpg

Sintra -  Praia Grande.jpg

Praia das Maçãs - Aspecto da Praia.jpg

Praia das Maçãs.jpg

Praia das Maçãs (2).jpg

Todas as fotos de Paulo Moreira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26

Hino da Escola

por Nuno Saraiva, em 20.10.13

Eu até desconhecia que as escolas tiveram hinos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:53


Mais sobre mim

foto do autor




Posts mais comentados





Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D