Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sobre a família Colares

por Nuno Saraiva, em 22.02.10

Olá. Há anos monto a árvore genealógica de Sombrio/SC. É impossível Genoino Inácio Collares ter qualquer envolvimento com a Revolução Farroupilha (1835-1845), já que quando ela terminou ele nem era nascido ainda (1848).
 
Rolando Christian Coelho disse sobre A família Colares 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:15

Comentário recebido - Isabel Magalhães

por Nuno Saraiva, em 06.04.08
Não foi a música que me trouxe aqui. Foi Colares. E também foi o facto de me ter "encontrado" no seu post de Terça-feira, 12 de Setembro de 2006, "Colares e a arte" durante uma busca Google ".
Se calhar isto não interessa nada mas tenho Colares no Coração por laços de família e por ser o local das férias, desde a infância, repartidas com a Ericeira.
E, já agora, a tela que escolheu para o seu post foi pintada para a exposição individual com que inaugurei a Galeria Casa Santa Rita, em Colares, no ano de 1999.

O MUNDO é pequeno! :)

Deixo um abraço.

I.

 Isabel Magalhães

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30

Comentário recebido

por Nuno Saraiva, em 05.04.08

Olá a todo o povo de Colares. Meu nome é Joisy Colares e falo daqui de São Luis MA.... É com muito orgulho que venho aqui visitar os que agora estão sabendo da notícia: nós do Maranhão também somos do mesmo sobrenome e somos em grande número. Fiquei sabendo da cidade por um também colares e Drº que nos encontrou em uma dessas viagens por ai a fora... Quem sabe um dia alguém de nós daqui do Maranhão possa ir aí para conhecer esta bela cidade que me apaixonei só de ver.


 

Joisy Colares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:48

STOP - Problema resolvido

por Nuno Saraiva, em 20.02.07



Depois de nos ter alertado do problema, Rui Cardoso enviou a informação de que tudo está resolvido em relação ao sinal STOP junto à escola das Azenhas do Mar.

Mais uma vez obrigado pela participação e pelas fotos a documentá-la.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:47

Sinal perigoso nas Azenhas do Mar

por Nuno Saraiva, em 06.02.07
Photobucket - Video and Image Hosting


E-mail recebido:

Boa tarde,
 
Venho enviar-vos umas fotos de um sinal de STOP que fica junto à escola que a minha frequenta nas Azenhas do Mar.
Pelo que sei existem normas legais no que diz respeito à altura dos mesmos, e considero que este não as esteja a cumprir. Já demos indicação ao Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Colares, que mesmo à nossa frente telefonou a uma Sra. Eng. da CMS e nos informou que a situação iria ser resolvida.
Mas infelizmente não foi. Nas fotografias dá para ver que até uma criança de 5 anos bate lá com a cabeça, o que não é aconselhavel. Será que podem dar uma ajudinha divulgando esta situação pra ver se tem um final feliz?
 
Obrigado

 Visite www.mywear.pt.vu

 Com os meus melhores cumprimentos,

 Rui Cardoso

De acrescentar que concordo com o que aqui é dito. Não faz sentido os peões (crianças da escola entre eles) terem que contornar o sinal pela estrada. Obrigado pela participação.

 Photobucket - Video and Image Hosting

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:52

Colares a Política. Comentário

por Nuno Saraiva, em 10.12.06
Então não é que Menezes retirou a última frase do putativo candidato à Junta de Freguesia de Colares? Será que era tinta de má qualidade e desapareceu com o tempo? Ou então, humildemente poderei estar a procurar no post errado e tal frase esteja em outro lado. Confirma lá quando puderes e quiseres.
Estupefacto

De facto a última linha foi retirada. E não foi a única mudança, o post original foi apagado, o que fez quebrar o link que tinha no meu post.
Foi dado um novo título, o anterior chamava-se "O Marcelo" e retirada a última linha. O que (apesar deste blog não ter nada a ver com política) só fica bem a Menezes, por respeito pelo menos ao seu colega de partido e presidente da Junta de Freguesia de Colares.

Novo post de Luís Filipe Menezes

Obrigado pelo oportuníssimo comentário.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:12

Comentário destrutivo

por Nuno Saraiva, em 04.11.06
De Citadino a 4 de Novembro de 2006 às 11:51
Sendo moderado não há nada a fazer mas de qualquer forma lê você o meu comentário: com tantos assuntos interessantes no mundo escolher Colares, uma terra desinteressante, de beleza banal ao pé de tantas outras localidades banhadas por mar e serra e com habitantes profundamente retrógados (não falamos em tradicionais) e mesquinhos...
Há gostos para tudo.

Gostava que desenvolvesse mais a sua ideia acerca dos habitantes de Colares. Acha mesmo que as pessoas que amam a cidade são mais felizes? Por serem cosmopólitas e modernas?

Aproveito a ocasião para relembrar que nenhum comentário é censurado salvo se ofender alguma pessoa ou for alguma acusação sem qualquer fundamento. Como vê, os mais relevantes são colocados como posts mesmo sendo negativos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:14

Comentário

por Nuno Saraiva, em 18.10.06

Caro Nuno Saraiva

Só há pouco tomei conhecimento deste seu blog - de e sobre Colares.
Felicito-o pela iniciativa, positiva, de divulgação da região, da sua geografia, da sua história, gentes e costumes.
Perguntar-se-á como cá cheguei?
É de fácil resposta! Andava à procura de mais dados históricos da região de Sintra que por vezes, um pouco ao acaso, nos surgem na net.
Contudo, permito-me fazer um reparo que creio ser de justiça. Quando se transcreve um qualquer conteúdo - que não obstante ter sido publicitado na net, impresso em publicação da especialidade e divulgado em edição de autor - este não deixa ainda assim de ter isso mesmo um autor.
Foi o caso, concreto, de ao ler o texto transcrito na COLARES de 8 de Fevereiro passado, o reconheci logo por ser "ipsis verbis" o que escrevi no Genea (que aparece efectivamente referida como fonte). Mas o que está nos tópicos do Fórum de Genealogia, ou deixei escrito a páginas tantas do n.º 9 das Raízes e Memórias, órgão da Associação Portuguesa de Genealogia, não são propriedade intelectual de qualquer uma dessas associações. A investigação histórico-genealógica, a interpretação crítica dos registos nas fontes, criteriosamente sujeita às regras estritas de heurística e hermenêutica, são da exclusiva responsabilidade do autor na construção de um dado corpus genealógico.
Penso que não estarei errado ao considerar que essa identificação de autoria se impõe e processa de mesma maneira que a vejo, no seu blog, produzida em relação à autoria das fotografias disponibilizadas por terceiros. Tenho todo o prazer em que quer que seja aproveite e divulgue os dados que gostosamente procurei e coligi no decurso das minhas investigações pelos nossos arquivos. Tenho vários exemplos disso aqui na net, na Wikipédia, com satisfação de ambas as partes envolvidas: do investigador e de quem posteriormente aqui o divulgou.
Acredite que fiquei satisfeito com mais esta divulgação, apesar do Manuel Caetano não ser nascido em Colares. Já agora, posso acrescentar-lhe o que aliás terá certamente visto na mesma notícia de onde extraiu o conteúdo publicitado que quem daí era natural era o seu bisavô paterno, o Padre Manuel Coelho Prego, e toda a sua ascendência, seiscentista, por esse costado. Dele descendem, além destes Sousa Prego, da 1.ª Linha, o visconde de Sousa Prego e sua sobrinha a condessa de Castelo.
Por último, só por uma questão de precisão (embora eu não seja especialista em heráldica ou emblemática) as insígnias que meritoriamente apresenta são as actuais, da República, distintas daquelas que usou o Manuel Caetano e outros mais familiares desta numerosa família sintrense.

Com votos de sucesso nesta sua actividade de divulgação, sou com atenção,

José Filipe Menéndez

 

Nota: Concordo plenamente que o que está escrito em qualquer tópico de qualquer forum. Por mau hábito é usual citarmos as fontes que disponibilizam e não o nome do autor efectivo. Por ser devido foi corrigida a autoria do texto neste post.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58

Comentários

por Nuno Saraiva, em 05.09.06

Apesar de ser algo que não gosto, os comentários deste blog serão a partir de hoje pré-aprovados.

Não pretendo com isto censurar qualquer crítica ou opinião mais negativa e/ou destrutiva.

Este blog já teve uma vez uma ofensa a uma instituição, que lá esteve dois dias, quando a vi e apaguei.

Os motivos para esta decisão estão explicados aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:37

Paulo Colares

por Nuno Saraiva, em 15.12.05

Comentário de Paulo Colares

Amigos, é para mim um enorme prazer encontrar um blog como esse! Alguém que escreve sobre Colares!!! A minha família emigrou para o Brasil há cerca de 150 anos e eu sou um dos únicos que tive o prazer de visitar Colares. Estive há três semanas em Portugal e levei um grupo de amigos alemães até Colares para um jantar na Praia das Maçãs. Pena que chegamos muito tarde e não deu para visitar as quintas... Sou brasileiro, músico, compositor e vivo na alemanha há 17 anos com minha esposa e dois filhos, todos bilingues, que adorariam um contacto. Desculpem, a emoção foi tanta que não medi as palavras! Escrevam-me!

Paulo Colares

Image hosted by Photobucket.com

Paulo é cantor, violonista, baixista, além disso ele faz composição e arranjo. E olha que ele aprendeu tudo isso, no Conservatório Brasileiro de Música e no Instituto Villa-Lobos no Rio de Janeiro, onde ele cresceu (nasceu 1961 em São Paulo).

Você pode ouvir a sua obra em vários discos, meio próprios, ou com outros músicos.

 

 

Image hosted by Photobucket.comDISCOGRAFIA

1988 Mar de Hespanha 1991 Porto 1996 Saudades do meu Rio (com o grupo L'Acoustic Brasil) 1998 Sambas da minha Terra 2000 Tobias Langguth: Alquimia do tempo (baixista, guitarrista e compositor) 2001 Paulo Colares Johannes Deffner Duo: Sotaques Brasileiros

Não deixa de ser curioso para nós colarejos, por um lado, que apareçam pessoas que séculos depois guardem a ideia que a sua origem é Colares. Por outro o nome Colares como sendo nome de família. Relembro que a família Collares foi uma família importantíssima na história da região. Foram estes que batalharam por exemplo pela implementação do eléctrico e sua extensão até às Azenhas.

Contacte com Paulo Colares:

Por e-mail: colaresp@yahoo.de
por Telefone: (alemanha) 0761/60855
Página: Stoneface

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:52


Mais sobre mim

foto do autor








Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D