Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O eléctrico

por Nuno Saraiva, em 31.08.06

A Lusa TV passou no passado dia 20 um documentário sobre o eléctrico. O serviço é só para assinantes pelo que não pude ver mas fica aqui o texto desse documentário

TEXTO: Lisboa, 20 Ago (LusaTV) - Sintra já não vive sem o soar da campainha do seu eléctrico, velhinho de 102 anos, com muitas histórias e que continua a atrair milhares de turistas e conterrâneos em busca de um passeio relaxante.

O Eléctrico liga a vila de Sintra à Praia das Maçãs, com passagem por Monte Santo, Ribeira, Galamares, Colares, Banzão e Pinhal, num percurso que dura 45 minutos.

O Sr. Mindouro, guarda-freio do eléctrico há 43 anos, lembra as "muitas histórias, grandes e caricatas" nascidas à volta da viagem até à Praia das Maçãs.

"às vezes nos desvios esperávamos dois ou três minutos pela outra [carruagem] que chegasse, havia peras, uvas e a malta aproveitava para apanhar a fruta", recorda divertido o Sr. Mindouro.

A versão de Inverno do Eléctrico, com carruagens fechadas, conta também muitos episódios.

"Já tivemos pelo menos duas provas de vinho na carruagem fechada; excepcional, alugaram uma carruagem e nas paragens serviam o vinho".

Depois dos tempos áureos em que foi novidade, veio o declínio e o abandono, mas em 2004 o Eléctrico de Sintra foi "reinaugurado" e mantém-se atracção para milhares de pessoas, que sobem a bordo na expectativa do passeio, já bem conhecido ou ainda por descobrir.

Nathalie Jones, turista americana, manifesta-se fascinada com a curta viagem: "É maravilhoso, muito velho, lento, mas muito calmo, dá-nos tempo para observar a paisagem toda, é mesmo muito agradável.

São também muitos os portugueses que não dispensam a viagem do Eléctrico de Sintra, como Carlos Mendes, de 50 anos, que é passageiro fiel desde os cinco anos.

Carlos Coelho, 52 anos, outro passageiro frequente do Eléctrico, diz que faz sempre a viagem "com muito gosto e muito prazer" e apelou para a sua preservação: "Esta é uma daquelas matérias que devia ser muito bem preservada e estimada por todos nós cidadãos".

Com clientela já cativa, o Eléctrico de Sintra tenta agora cativar os mais novos que queiram trabalhar nele e, de acordo com o actual guarda-freio, no próximo ano vai ter dois estagiários, "para se conseguir conservar este património sobre carris".

FRZ.

Foto: Alagamares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:04


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Pedro Ferreira a 31.08.2006 às 19:03

Bom texto!
Hoje apropriei-me de um vídeo seu para fazer uma homenagem a Colares lá no meu blogue.
Esero que goste...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor








Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D