Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Feliz 2014

por Nuno Saraiva, em 30.12.13

 

É com uma imagem da Praia Grande de 29/12/2013 que desejamos a todos os amantes de Colares um feliz 2014.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:32

Gala Musical em Almoçageme

por Nuno Saraiva, em 04.12.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:38

Algures

por Nuno Saraiva, em 03.12.13

 

 

Na freguesia de Colares. Foto de Pedro Bravo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:25

Pequena casa ao por do sol

por Nuno Saraiva, em 01.12.13

 

 

Foto de Fátima Silva

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:09

Reveillon 2014 em Janas

por Nuno Saraiva, em 01.12.13

Reveillon em Janas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:08

Post das Citações

por Nuno Saraiva, em 01.12.13

 

 

Neste post estão reunidas as citações que mensalmente passam pela apresentação do blog.

 


A casa que habitavam situava-se numa pequena aldeia encantadora, o Penedo, e o jardim confinava com a vegetação da Serra. Outro elemento que ligava o caso a Sintra. Mas o que tornava assustadora a localização da moradia era a proximidade relativamente ao chamado Monte da Lua "Os Novos Mistérios de Sintra" - Vários autores




Está muito calor em Lisboa? É essa a pergunta sacana de Colares. (MEC)


«Ah!, que dia! Jantei num gabinete do Hotel Central, solitário e egoísta, com a mesa alastrada de Bordéus, Borgonha, Champagne, Reno, licores de todas as comunidades religiosas - como para matar uma sede de trinta anos! Mas só me fartei de Colares» (Eça de Queiroz - personagem de O Mandarim)


A jornada de alguns quilómetros, iniciada ao romper do dia foi percorrida a cavalo rumo ao destino escolhido: uma parcela da costa portuguesa onde, o mar encontra uma poderosa barreira formada por altos e íngremes rochedos de configuração quase vertical. A força das vagas, exerce aí tamanha acção erosiva, que cavou um labirinto de grutas. A curta distância, situa-se um fojo de grande profundidade que faz arrepiar quem ensaia vislumbrar o seu fundo. Esta arquitectura da beira-mar e o oceano ilimitado alisado de Sol, inspiram as palavras do ilustre e culto viajante inglês, que afirma: "A costa é realmente pitoresca, tem projecções audazes entremeadas de rochedos piramidais que se sucedem uns aos outros em perspectiva teatral . da borda do abismo onde estive uns poucos de minutos, como preso por uma fascinação, descemos por uma vereda sinuosa de quase meia milha até ao fim da rocha. Ali achámo-nos quase encerrados no meio de lascados rochedos e de grutas - um fantástico anfiteatro o mais bem calculado que se poderia imaginar para recreio das ninfas do oceano - William Beckford, acerca da costa de Sintra, muito provavelmente da Adraga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:05


Mais sobre mim

foto do autor








Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds