Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Dia do Vinho comemorado nas caves Visconde de Salreu

por NunoCosmeMoreira, em 03.07.10

As Caves Visconde de Salreu, em Colares vão estar abertas no Dia do Vinho, com a exposição "100 Anos da Região Demarcada de Colares: 1908 – 2008", na qual se apresenta a realidade vitivinícola da região de Colares dos últimos 100 anos.
No âmbito das comemorações do Dia do Vinho, a 4 de Julho, promovidas pela ViniPortugal e Associação de Municípios Portugueses do Vinho, a Câmara Municipal de Sintra adere a esta iniciativa através da abertura da exposição e onde os produtores de vinho da região de Colares estarão também presentes promovendo provas e venda de vinhos.
A exposição estará aberta das 14h às 21h, com entrada gratuita.
A Região Demarcada foi criada através da Carta de Lei de 18 de Setembro de 1908, pelo que a Câmara de Sintra tem vindo a comemorar o seu centenário.

Retirado do: www.cidadeviva.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:14

Esta noite…

por Nuno Saraiva, em 02.07.10

Esta noite, algures em Estocolmo, Suécia, alguém vai beber um vinho de Colares mais velho do que….  o meu pai.

 

1949 Colares

 

 

Às vezes tem-se sorte e então ele pode ser realmente bom. Noutras ocasiões não se tem, e o vinho é, bem - para dizer o mínimo – ácido tânico brutal num fato de tinto. Mas que se envergonhem aqueles que desistem – Tenhas tu encontrado apenas um ou dois Colares antigo em boa forma, e estás preso a Colares, e  de cada vez que te deparas com um, os teus olhos vão brilhar! Colares pode ser uma emoção para beber - e é definitivamente uma das curiosidades que ainda podemos desfrutar!

Já passou algum tempo desde que abrimos o último Colares antigo. Provavelmente não teria mais nenhuma evolução no sentido positivo e por isso chegou a sua hora. Esta noite, Um Samora Tinto de 1949, de Joaquim dos Santos está à espera do seu destino. Pusemo-lo na posição vertical, de manhã, para o pé assentar. O Nível é excelente para a sua idade e a cor parece um vermelho rubi apaixonante.

Espero que tenho ficado mais do que ácido ramisco.

Não consegui encontrar o nome do produtor em nenhuma bibliografia. Se alguém conhece o nome teria todo o gosto em por aqui mais informação sobre o produtor.

 

 

 

 

 

Caso contrário farei um esforço para encontrar um exemplar do livro “O vinho de Colares” de 1938 escrito por Raúl Esteves e editado pela adega local.

 

 

 

Um texto encontrado hoje no blog Portuguese Wine.

 

Tradução, uma adaptação minha. Desconfio que tannins seja algum vocábulo específico do vinho, mas só encontro tradução como tanino, ácido tânico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:29

Noites de Colares (3 de Julho 2010)

por NunoCosmeMoreira, em 02.07.10

Retirado do: freguesiacolares.blogspot.com/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:33

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor








Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds