Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





A ler

por Nuno Saraiva, em 26.11.08

Via Rio das Maçãs, um post sobre António Caruna (Blog Fogo e História)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:13

1891 - 117º Aniversário - 2008

30 de Novembro (Domingo)

13h00 - Almoço de confraternização
Inscrições: Sede da Banda - 21 929 31 38
Drogaria José Gomes - Colares
Sara Regueira Jorge - Mucifal - 21 928 22 03

NOTA: Almoço na Sede da Associação
dos Bombeiros Voluntários de Colares

Agradecimentos: Associação dos Bombeiros Voluntários de Colares
e a todos os amigos da Banda que tornaram possível estas Comemorações

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42

ADIADO

por Nuno Saraiva, em 19.11.08

Foi adiado o passeio «CENTENÁRIO DA REGIÃO DEMARCADA DO VINHO DE COLARES »
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:58

António Nunes Rodrigues Caruna

por Nuno Saraiva, em 19.11.08

 

1933 - 2008

 

 

 

 

Sinceras condolências a família e amigos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:18

Collares

por Nuno Saraiva, em 18.11.08

Sou um descedente de Colares/Portugal, de sobrenome Silva, que vieram da Vila de Colares, para o Brasil.

Sou Engenheiro e músico, e moro em Brasília,DF. Gostaria de visitar minha cidade de origem, ir aí em Portugal/Colares.

Gostaria de manter este contato com este blog.

 

Um grande abraço

Rogério Collares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:02

Uma coisa é certa. A oferta de camas para potenciais visitantes à zona de Colares é diminuta.

 

Quercus, PNSC, Reserva Ecológica Nacional, do Plano de Ordenamento da Orla Costeira, e outros indivíduos e outros malucos nunca se entendem e o desenvolvimento da Freguesia de Colares é sempre amputado.

 

Preferem ver as Azenhas a degradar-se, as praias a degradar-se? As nossas localidades a ficar desertas, à noite por não haver casas, de dia por não haver empregos.

 

Um projecto deste tipo era verdadeiramente estruturante, importante, vital - nem há adjectivos - era o melhor que podia acontecer à região.

 

Claro que, tal como previsto, deve ser enquadrado na região, em pleno acordo com o Parque e Ministério do Ambiente.

 

No Público de hoje, vem a notícia que movimento cívico estuda acção judicial para boicotar o projecto.

 

Se este movimento cívico, fosse um grupo de pessoas da região, eu até entendia, e apesar de opinião adversa, encarava-o com naturalidade. Mas, na realidade, este movimento é vem de Associações tipo Quercus.

 

Podem por favor deixar COLARES CRESCER, e ir brincar às gaivotas para Lisboa?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32

 

Integrado nas comemorações do seu 117.º Aniversário, a Banda dos Bombeiros Voluntários de Colares, vai organizar um passeio pedestre, cujo tema é A Região Demarcada de Colares.

 

DIA 23 (DOMINGO) -  Concentração/Saída às 14.00 no Largo do Coreto de Fontanelas.

 

O passeio inicia-se em Fontanelas, com passagem por diversas vinhas da região, e com o acompanhamento do Eng.º José António Paulo, que irá expor alguns pormenores do vinho de Colares, bem como esclarecer quaisquer dúvidas que surjam.

 

O itenerário segue até à Adega Visconde Salréu, onde se terminará o passeio com uma prova de vinhos opcional.

 

Pode confirmar a sua presença pelo  telémovel 96 53 84 336; ou
Sede da Banda - 21 929 31 38
Drogaria José Gomes - Colares
Sara Regueira Jorge - Mucifal - 21 928 22 03.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01

Concertos no Mucifal

por Nuno Saraiva, em 13.11.08

 

 


15 de Novembro (sábado)
21h00 – Banda Filarmónica de S. Bento de Massamá FilarmóniArtes
22h00 – Banda Filarmónica de Nossa Senhora da Fé de Monte Abraão
23h00 – Banda dos Bombeiros Voluntários de Colares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34

Mucifal e a Imprensa

por Nuno Saraiva, em 12.11.08

 

Referência ao Mucifal e ao Festival de Bandas no jornal Global

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:16

Azenhas do Mar

por Nuno Saraiva, em 09.11.08

Aqui fica uma bela imagem colocada no mês passado no blog de Marco Almeida: Viver Sintra

 

 

As Azenhas do Mar continuam a suscitar curiosidade em muitos daqueles que visitam Sintra.

Desenvolvendo-se ao longo da linha de água que corre para o atlântico, a aldeia liga-se, na sua origem, às actividades da agricultura, da moagem, da pesca e mais tarde do turismo, esta última a partir de 1930 com a chegada do eléctrico.

Embora sem o fulgor de outros tempos, as "Azenhas" constituem um bom motivo para um passeio pelo litoral sintrense.

 

O Viver Sintra é um blog interessante. Só é pena é não ter o RSS activo, mas isso são as políticas de cada um.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:02

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor








Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds