Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Este ano o horário no dia de aniversário é diferente do habitual.

O desfile é de manhã e os concertos são da parte da tarde.


1891 - 116º Aniversário - 2007


1 de Novembro (dia Aniversário - 5ª-Feira)

09h45 - Desfile da Banda cumprimentando Associados, Entidades e Colectividades
12h00 - Missa por intenção dos Fundadores, Directores, Sócios e Músicos falecidos   com a participação do nosso Grupo de Música Sacra
16h30 - Concerto pela Orquestra Regional de Colares
(dirigido pelo Maestro Fernando Santos Moreira)
17h30 - Concerto pela Banda dos Bombeiros Voluntários de Colares
(dirigido pelo Maestro Fernando Cosme Moreira)
Condecoração a Músicos com 10, 20, 30 e 50 anos de actividade


10 de Novembro (Sábado)

17h30 - Futebol (Solteiros/Casados) - Pavilhão da União Mucifalense


18 de Novembro (Domingo)

09h15 - Passeio pedestre Monserrate (inclui entrada) / Inscrições limitadas
(Ver programa definitivo)
(Inscrições até 16 de Novembro nos locais abaixo indicados e pelo 96 53 84 336)


25 de Novembro (Domingo)

12h30 - Almoço de confraternização (Inscrições até 22 de Novembro)
Inscrições: Sede da Banda - 21 929 31 38
Drogaria José Gomes - Colares
Sara Regueira Jorge - Mucifal - 21 928 22 03

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:22

Coisas antigas

por Nuno Saraiva, em 25.10.07

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:09

Filarmónica, Filarmónica e Filarmónica!

por Nuno Saraiva, em 25.10.07

 

 

Que é que deu à Câmara de Sintra, para correr as bandas todas do concelho como filarmónicas?
aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:34

Colares e a Imprensa

por Nuno Saraiva, em 25.10.07

 

 

Acho que deve ser das mais ridículas "obras" do país.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:57

Banda de Colares

por Nuno Saraiva, em 20.10.07
Antes de mais peço desculpa a todos os que aqui vêm para ler algo e se tem deparado com o blog pouco actualizado.

De facto, tenho andado ocupado com um trabalho de criação de empresa que me solicitaram. E por isso ou passo as noites fechado em casa ou fora de Colares.

Além disso, estão a processar-se mudanças ao nível da contabilidade nacional (além das fiscais devido ao Orçamento de Estado e ao Simplex), o que me tem levado à necessidade de leitura e actualização.

Venho alertar-vos para os seguintes factos acerca da Banda de Colares.

Dia 27/10 participa no primeiro festival de Bandas do Concelho de Sintra.

Dia 01/11 há também o aniversário da Banda, com concerto na sua sede, (ainda não sei a que horas é).

O Pedro Macieira tem vindo a publicar alguns posts sobre a sede antiga da banda no Rio das Maçãs . Em tempos de ditadura perdeu-se uma sede sem explicações. Em tempo de democracia continuamos sem sede, sem saber bem porquê.

No que respeita à regularidade de posts, espero recuperar o ritmo "quase-diário" brevemente mas não será para já.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:17

Colares e a Imprensa

por Nuno Saraiva, em 09.10.07

Começa com a vila de Colares um artigo no Diário Económico sobre os rendimentos de Mourinho.

 

A vila de Colares, perto de Sintra, transformou-se por um dia num estúdio de cinema americano. Em Julho de 2006, o treinador José Mourinho, aproveitando o facto de estar de férias em Portugal, deslocou-se ali para filmar um anúncio para o Banco Português de Investimento (BPI).  

O objectivo era convencer os consumidores a aderirem aos produtos do banco. Mourinho tinha de cumprir directrizes muito específicas: parecer que saltava de pára-quedas e aterrava numa luxuosa casa.  A tarefa exigia bastante paciência. É que o antigo treinador do Chelsea tinha de estar pendurado numa grua a 15 metros de altura. Ainda por cima, um dia de gravação pode durar 10 horas. O técnico fez várias paragens para descansar.

Para que tudo ficasse perfeito nas gravações, Mourinho tinha de manter os braços simétricos durante a descida e acertar no ‘timing’ para colocar os pés no chão e dar os primeiros passos. “Foi uma grande produção, com mais de 100 técnicos portugueses e estrangeiros. Pelo facto do protagonista ser quem era, o anúncio tinha de ser tão bom ou melhor do que se faz em Hollywood”, explica ao Diário Económico José Veras, duplo de Mourinho nas cenas aéreas, e oito vezes campeão nacional de ‘skysurf’, um desporto onde se utiliza um ‘skate’ ou uma prancha para fazer acrobacias no ar.  

Preso à grua por um pára-quedas e cabos de aço, o treinador campeão europeu ao serviço do FC Porto, garantia para  si próprio duas coisas fundamentais: segurança e dinheiro. O contrato de cedência de imagem de Mourinho ao BPI durante um ano e meio cifrou-se num valor entre os 500 e os 750 mil euros. O valor de José Mourinho no mercado publicitário é muito elevado. A postura dele, em campo ou na vida pessoal, consegue cativar os consumidores. De acordo com os publicitários, o treinador representa a imagem de uma pessoa vencedora, trabalhadora, perseverante e metódica.

Enquanto Mourinho, de 44 anos, estava pendurado, os habitantes de Colares olhavam curiosos. Era o aparato das câmaras de filmar, o esforço dos técnicos para escolher o melhor ângulo e  ambulância que estava estacionada para o caso de ser preciso socorrer o treinador. Mourinho esteve sempre muito atento às indicações de José Veras. “Primeiro, eu fazia as cenas uma ou duas vezes para ele ver. A seguir ele repetia. Manteve sempre a boa disposição e foi um óptimo aluno”, explica o duplo.

A maioria dos contratos publicitários de Mourinho são de projecção internacional. No caso do cartão de crédito American Express, onde dizia “A minha vida é estar um passo à frente”, recebeu um milhão de euros. Para o técnico português, o dinheiro nem foi o motivo mais importante para participar neste anúncio. Era a possibilidade de fazer parte de um lote restrito de personalidade contratadas pela empresa americana de serviços financeiros como o actor Robert De Niro, o surfista Laird Hamilton, o golfista Tiger Woods e a tenista Vénus Williams.

A Samsung, Electronic Arts e Adidas também gastaram milhões para o ter como imagem de marca. Por exemplo, a empresa de artigos de desporto pagou-lhe 4,3 milhões de euros por um contrato de quatro anos. “Este patrocínio de elite reúne duas forças importantes do futebol, pelo que estou certo que será uma combinação poderosa”, disse Thierry Weil, o director de marketing da Adidas.

Os êxitos desportivos tornaram-no bastante desejado pelas empresas. A carreira de José Mourinho está recheada de títulos: campeão europeu e vencedor da Taça UEFA pelo FC Porto e, em Inglaterra, conquistou dois campeonatos e acabou com o jejum do Chelsea, que durava há 50 anos. O dono do clube, Roman Abramovich, recompensou-o com um salário de 600 mil euros mensais, o que fez do técnico o mais bem pago do mundo. Com o dinheiro que ganhou, Mourinho investiu em imobiliário. Tem duas moradias em Ferragudo, no Algarve, com vista para o mar, outra vivenda em Chelsea e uma casa em Setúbal.  As residências de Ferragudo são as preferidas para descansar com a mulher, Matilde, e com os filhos Zuca e Tita.

Fontes ouvidas pelo Diário Económico afirmam ainda que terá comprado três moradias no luxuoso empreendimento Bom Sucesso Design Resort, Leisure, Golf e Spa, junto à Lagoa de Óbidos. “O Mourinho é que toma as decisões em relação à fortuna dele. É ele que gere o dinheiro. Mas pede informações à Gestifute sobre contratos, gestão de imagem e investimentos”, diz um amigo próximo do treinador. A mulher também o aconselha nos negócios da família. Se o ex-técnico do Chelsea passar por um local onde veja casas interessantes costuma ligar para Jorge Mendes e pedir-lhe se pode enviar algum funcionário da Gestifute ao local para saber mais pormenores sobre a habitação e qual o preço.   

Com a rescisão do contrato com o clube inglês José Mourinho tem agora mais tempo livre e pode cumprir uma promessa: no final das filmagens do anúncio do BPI combinou com o campeão de skysurf, José Veras, dar um salto de avião.  Com a saída do Chelsea, esta é altura ideal


ABRAMOVICH TEM DE PAGAR AO TÉCNICO ENTRE 15 E 20 MILHÕES DE EUROS

O treinador José Mourinho, que tinha contrato com o Chelsea até 2010, saiu do clube com um acordo amigável, contas em dia e os bolsos cheios. “Vai receber entre 15 a 20 milhões de euros”, diz ao Diário Económico fonte próxima do técnico. Os adjuntos Baltemar Brito, Rui Faria, Silvino e André Villas-Boas também receberam tudo o que tinham direito. Mourinho vai agora tirar um período para descansar até recomeçar a carreira noutro clube de topo. Fontes contactadas pelo Diário Económico disseram que o treinador só trabalhará noutra equipa de renome mundial, que lute para ser campeã em todas as frentes. Barcelona e Inter de Milão são, para já, as hipóteses mais prováveis. Treinar a selecção nacional de futebol também é um dos objectivos do técnico, mas a longo prazo. Conquistar novamente a Liga dos Campeões é a sua maior ambição.

Para representar o emblema espanhol, o amigo e empresário Jorge Mendes será o principal intermediário na contratação. Por um lado, Mendes é muito próximo de Laporta, o presidente do clube catalão, por outro, José Mourinho adorava entrar no clube, mas desta vez pela porta grande. Recorde-se que o técnico português foi adjunto de Bobby Robson e Louis Van Gaal no Barcelona. Ali venceu dois campeonatos e duas Taças do Rei.

Sem qualquer ligação a Itália, o Inter de Milão, clube de Luís Figo, surge como hipótese pelo facto do presidente do clube, Massimo Morati, ter um sonho antigo: contratar o técnico nacional para ser campeão europeu.


As tácticas de Mourinho

1 - Anda sempre com um bloco de notas e sabe tudo sobre os adversários
O treinador português pode ser um bom exemplo para gestores de empresas. Anda sempre com um bloco de notas e é aqui que aponta tudo o que se passa nos treinos. Como não gosta do desconhecido tenta reduzir ao máximo a imprevisibilidade que cada jogo tem. Manda fazer exercícios para simular jogadas quando a equipa está a ganhar, a perder ou no caso de algum jogador ser expulso. Também pede aos técnicos adjuntos para observar os adversários e elaborar relatórios detalhados sobre a forma como defendem e atacam, pontos fracos e fortes Os relatórios são entregues  a cada um dos jogadores e quatro horas antes do jogo reúne-se com os seus jogadores para dar as últimas indicações. No final do discurso pede a um jogador carismático (Terry e Lampard são os mais requisitados)  para dar um grito de incentivo.

2 - O primeiro ordenado foi de 500 escudos.
O último de 600 mil euros mensais n  José Mourinho sempre se esforçou para ganhar dinheiro. No início da década de 80, com 16 anos, tornou-se adjunto do pai no Vitória de Setúbal, Félix Mourinho, e fazia relatórios das equipas adversárias. O pai dava-lhe 500 escudos. Mais tarde, em 1987, conseguiu a independência financeira. Treinava os juniores e os juvenis do Setúbal e recebia 50 contos por mês. Acumulava este cargo com o de professor de Educação Física na escola secundária de Alhos Vedros. Em 1990, o técnico Manuel Fernandes levou-o para o Estrela da Amadora como preparador físico e ofereceu-lhe um ordenado a rondar os 2.500 euros por mês. A seguir, foi contratado para adjunto de Robson no Sporting, Porto e Barcelona. Em 2000, Vale e Azevedo contratou-o e pagou-lhe 30 mil euros mensais. No Porto recebeu 50 mil euros mensais e no Chelsea subiu para os 600 mil.

Aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:16

Bem visto

por Nuno Saraiva, em 01.10.07
Costumo ignorar todos os comentários anónimos, que por aqui aparecem, mesmo que tenham acrescentado algum conteúdo útil, não falo para entidades anónimas.

Porém, houve um comentário neste post do notícias que dizia assim:

Colares pertence à freguesia de Colares? É que não parece...!

Lacónico, irónico e bem metido no contexto da conversa. Fez-me sorrir.


No entanto não concordo com as críticas que aparecem, um pouco exageradas. Apesar de achar ridícula aquela "obra" à entrada de almoçageme, não posso concordar com críticas a obras que estão a ser feitas.

Se nos comentários de qualquer um dos blogs surgirem críticas com factos de coisas mal feitas ou por fazer, é justo apontar a questão, se forem coisas da responsabilidade da Junta.

Agora o costume do criticar só por criticar, porque as coisas estão a ser feitas ali e não acoli...

Por amor da Santa, vão beber umas minies e deixem os homens trabalhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:24

Festas de Almoçageme

por Nuno Saraiva, em 01.10.07

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:12


Mais sobre mim

foto do autor








Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds