Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





PC

por Nuno Saraiva, em 19.09.06
Ando a consertar a porcaria que fiz lá no pc de casa... A partir de amanhã espero voltar aos posts mais regulares.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:48

Várzea de Colares

por Nuno Saraiva, em 14.09.06

 

Várzea de Colares vista da Rua Fria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:13

Colares e a arte

por Nuno Saraiva, em 12.09.06

Photobucket - Video and Image Hosting

 

É assim que a pintora Isabel Magalhães vê Colares. Pessoalmente, acho que falta verde. Eu vejo Colares verde.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:52

Colares no Brasil

por Nuno Saraiva, em 11.09.06

Praia

No Brasil há uma localidade chamada Colares. Fica no estado do Pará, estado este onde se podem encontrar várias terras com o nome idêntico às portuguesas.

Por exemplo só munícipios temos Baião, Bragança, Oeiras, Ourém, Viseu, Alenquer, Almeirim, Faro, Óbidos, Porto de Moz, Santarém, Chaves, Melgaço, Soure, Barcarena, Belém, Aveiro e Colares.

O município de Colares pertence à Mesoregião Nordeste Paraense e à Microrregião do Salgado. A sede municipal tem as seguintes coordenadas geográficas: 00º 55' 38" de latitude Sul e 48º 17' 04" de longitude a Oeste de Greenwich.

Tendo praia, Colares tem também tradição pescatória. As festas de Colares são essencialmente quatro, aspecto curioso, algumas são familiares às gentes de Colares, Portugal:

Quatro festas religiosas movimentam o município de Colares durante o ano. O calendário de festividades inicia no mês de junho, quando, em todo o Município, são realizadas festividades em homenagem a São João, acompanhadas de arraial, leilões e reuniões dançantes, no dia 29 de junho em Mocajatuba festaja-se São Pedro com homenagem dos pescadores da localidade, há uma procissão até a boca do rio com barcos de pesca enfeitados, distribuição de comidas, avoado de peixe, além de apresentações juninas, onde mobiliza-se toda a Comunidade. No mês de julho, na localidade de Jaçarateua, acontece o Círio de São Sebastião. Em dezembro na localidade de Mocajatuba, realiza-se o Círio de São Tomé. Por fim, em dezembro, no segundo domingo, é realizado o Círio de Nossa Senhora do Rosário, na sede do município. (Wikipédia)

Leia mais sobre Colares no Brasil aqui ou aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:50

Vista

por Nuno Saraiva, em 07.09.06

 

Uma vista confortável

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:48

Colares na blogosfera

por Nuno Saraiva, em 06.09.06

Photobucket - Video and Image Hosting

Descobri mais um blog da freguesia de Colares, o Nas Rodas do Tempo, também conhecido por fotociclista. Descobri um pormenor curioso: este blog tem até à data 25 fotografias da vila de Colares ao amanhecer, tiradas no amanhecer de Sábado. Vale a pena percorrer o blog para ver estas e as outras fotos lá colocadas pelo autor.  Podem ver coisas que nunca mais voltaram a ser...

 

Nota: Que será feito do autor deste azulejo? A malta já tem saudades dele…

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

Colares e a Imprensa

por Nuno Saraiva, em 06.09.06

Photobucket - Video and Image Hosting

No jornal "O Primeiro de Janeiro" (jornal portuense) de ontem vem um artigo sobre Olga Cadaval, onde o ensaista refere para além da obra da Marquesa, uma viagem a Colares para alugar uma casa que lhe pertencia.


Esta circunstância faria com que, anos depois, por altura do chamado «Verão quente» de 1975, viesse a receber uma chamada telefónica deste meu amigo a perguntar-me se não estaria interessado em arrendar uma casa antiga em Colares, mobilada e acabada de restaurar. Acontecia que a Casa Cadaval tinha duas habitações geminadas, situadas numa quinta à margem da estrada Sintra-Colares, que haviam ficado devolutas e corriam o risco de ser ocupadas, ameaça que pairava no ar trazida pela onda revolucionária que varria então o país e atemorizava os proprietários. Situavam-se essas casas cerca de 500 metros abaixo da Quinta da Piedade, onde vivia Olga Cadaval. Se estivesse interessado caber-me-ia uma delas. A outra estava já reservada para o meu amigo Luís.
Não tardou que lá fôssemos num fim de tarde, «Lisboa deixada», a ver as casas, debruçadas ambas sobre a velha povoação de Colares e a sua várzea, com compreensível perplexidade da minha parte, perante aquela inesperada e tão aliciante proposta.

O tempo foi passando, tendo começado entretanto o nosso relacionamento, tornando-nos presença assídua na sua casa da Quinta da Piedade, quando havia aí recepções e acontecimentos musicais, ou sempre que cumpríamos pessoalmente as nossas obrigações de arrendatários. O ano combinado depressa se esgotou. Fomos ficando. Mais dez anos decorreriam até à nossa saída da encantadora casa de Colares, tendo-se mantido até final, e para lá desse final, o excelente convívio com aquela nossa tão afável e generosa Amiga.


Não deixem de ler:

Recordações de uma grande senhora: Olga Cadaval (1900-1996)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:58

Comentários

por Nuno Saraiva, em 05.09.06

Apesar de ser algo que não gosto, os comentários deste blog serão a partir de hoje pré-aprovados.

Não pretendo com isto censurar qualquer crítica ou opinião mais negativa e/ou destrutiva.

Este blog já teve uma vez uma ofensa a uma instituição, que lá esteve dois dias, quando a vi e apaguei.

Os motivos para esta decisão estão explicados aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:37


O Grande Prémio Vinhos da Estremadura vai para a estrada no dia 7 deste mês, com uma etapa com partida de Colares e chegada a Torres Vedras, numa distância de 144,2 quilómetros. Partida pelas 11.30 horas, metas volantes em S. João das Lampas (Km 14,4), Lousa (km 59,3) e Encarnação (km 124,4) e nada menos do que cinco contagens de montanha em Quintal (3ª cat. - km 27,5), Alto de Cheleiros (3ª cat. - km 42,1), Casal das Figueiras (3ª cat. - km 86,4), Murgeira (3ª cat. - km 113,5) e Serra da Vila (3ª cat. - km 141,2). A chegada, na Rua António Leal da Ascensão, terá lugar cerca das 15 horas.

Fonte: http://www.badaladas.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:28

Nossa Senhora da Praia

por Nuno Saraiva, em 01.09.06

A Banda dos Bombeiros Voluntários de Colares vai abrilhantar a procissão em honra de Nossa Senhora da Praia, Domingo às 17.00 (a missa é às 16.00).

É uma celebração diferente e muito interessante esta procissão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:26



Mais sobre mim

foto do autor








Comunique e envie os seus comentários, o que gostou, o que acha que está mal, etc.


Colares, blog da semana!

Muzicons.com





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds